AVISO PERMANENTE

Os covardes morrem muitas vezes antes de sua morte; o bravo apenas uma vez” William Shakespeare.

         A todos aqueles que nos reclama por não fazer esta ou aquela coisa, e que nos submetemos às suas vontades, os ilustramos, incluindo aqueles “morenazisque se não fosse pelas lutas de muitos ativistas sociais continuariam a ser servos das fazendas ou lojas, sem feriados e com jornadas de trabalho de mais de quinze horas, vivendo como suas mães ou irmãs, aprenderiam na cama de seus patrões, o que a igreja os proibia; aqui, na Europa ou na Ásia.

No século XVII, não havia força no Oriente Médio maior do que o império turco, os sultões eram senhores da terra mostrado no mapa que se segue:

2.0-500x400

Em Estambul disponibilizava-se de um harém enorme de mulheres selecionadas de Leste e Oeste, cujo Palácio Topkapi possuía uma amplitude e comodidade que nenhum europeu pode desfrutar.

topkapi

Um dos quatro pátios Topkapi

Em 1676, o sultão Mehmed IV, decidiu enviar um ultimato para a aldeia rebelde e independente cossaco ortodoxo de Zaporizhia:

Como sultão, filho de Muhammad; Irmão do Sol e da Lua; neto e vice-rei de Deus, governante dos reinos da Babilônia, Jerusalém, Alto e Baixo Egito Macedónia, imperador dos imperadores, rei dos reis, cavaleiro extraordinário, não derrotado; guardião do túmulo de Jesus Cristo, delegado do poder divino, a esperança de muçulmanos, grande defensor dos cristãos …, mando, Zaporozhian Cossacos submeteu-se a mim voluntariamente sem qualquer resistência, e cessar seus ataques”.

A resposta dos Cossacos foi a seguinte:  “Cossacos Zaporogos ao sultão turco”: Oh Sultão, demónio turco, irmão maldito do demônio, amigo e secretário do próprio Lúcifer. Que tipo de cavaleiro do demônio que tu és que não pode matar um ouriço com seu traseiro nu? O demônio caga e seu exército come. Jamais poderá, filho de um cachorra, fazer prisioneiros nossos filhos, não tememos seu exército, lhe combateremos por mar e terra, podridão. Pilhagem babilônico, louco macedônio, cervejeiro de Jerusalém, violador de cabra Alexandria, guardador de porcos do Alto e do Baixo Egito, porco armênio, ladrão, catamita tartaro, Kamyanets carrasco, bobo do mundo e do submundo, um idiota diante do nosso Deus, neto de serpente e cãibras de nossos pênis. Porco, mare traseira, cão matadouro, rosto herege, fode sua mãe! Por isso, os Zaporozhians declaram, cardume de lixo, você nunca poderá alimentar nem mesmo os nossos porcos. Concluímos, pois não sabemos a data e nem possuímos calendário; a lua está no céu, é o ano do Senhor, o mesmo dia de lá, assim que beijamos a bunda!

Ilja_Jefimowitsch_Repin_-_Reply_of_the_Zaporozhian_Cossacks_-_Yorck

Óleo de Ilja Jefimowitsch, Resposta dos cossacos Zaporizhia

Então, nós vamos responder-lhe: O que queres como resposta se nem em sonhos chegam aos porões da magnificência dos sultão, nem têm a audácia de seu vizir mais inútil, se você pode apenas compartilhar seu par. Não queremos sua aprovação nem agradar aos ignorantes, nem mesmo converter os hereges. Nós somos mais educado que os cossacos do Sich de Zaporizhia, nós mantemos nossa linha, nós não somos desleais aos nossos parceiros; menos por um par de votos ou um projeto de financiamento norte-americano.  Pior ainda, se você for apenas um simples comprador de supermercado insatisfeito.

Como um “meme” de uma série de televisão intitulado “Pawn Stars” diz:

te ofresco

 Eu ofereço-lhe um pontapé na bunda, e ainda estou arriscando.

Versión en español aquí: https://surhoy.org/2016/04/23/notificacion-permanente/


Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s